XCapixaba 2016

No Rating

O XCapixaba é um evento sem fins lucrativos e tem como finalidade fomentar o voo livre de parapente e asa delta em provas de distância livre, nas rampas de decolagem do Estado do Espírito Santo, desenvolver o esporte, a segurança e o respeito pelos companheiros e pela natureza em nosso meio. O regulamento do XCapixaba pode ser baixado em sua integra neste link: Regulamento XCapixaba 2016.

O evento tem como período de início, o dia dezesete de dezembro de dois mil e quinze (17/12/2015), e seu término no dia trinta de novembro de dois mil e dezesseis (02/12/2016);

A pontuação será obtida pelo somatório da distância máxima (entre os pontos extremos do voo) dos seis (06) melhores voos livres, sendo o máximo de dois (02) voo em cada rampa do Espírito Santo.
O envio dos voos será através do site http://xcbrasil.com.br no formato de arquivo IGC obtidos de receptores GPS compatíveis com 3D. Poderão ser enviados todos os voos realizados no período indicado. Porém somente os dois melhores voos de cada local de decolagem e os seis melhores do total, no Estado do Espírito Santo, valerão para o ranking.

Estarão automaticamente inscritos todos os pilotos em dia com as suas obrigações de Clube Capixaba, Federação e Entidades Nacionais (CBVL ou ABP). Os pilotos devem estar com os equipamentos obrigatórios de segurança, sendo responsáveis pela revisão periódica dos mesmos.

A competição será dividida em duas categorias: Asa Delta e Parapente. Caso alguma das categorias tenha menos do que três participantes, não haverá premiação desta categoria.

A premiação mínima a ser entregue será de Troféus de 1° a 3° lugares e será realizada na festa de encerramento da Federação Capixaba de Voo Livre (veja o calendário).

Em dias de provas oficiais de competição do Campeonato Capixaba de Voo Livre (CCVL) e eventuais etapas do XCapixaba, a rampa capixaba a sediar o evento será a única decolagem que poderá contar pontos para o XCapixaba. Salvo se esta etapa for cancelada.

Pede-se aos pilotos que guardem seus voos em arquivo próprio durante o ano inteiro de 2016, para posterior confirmação, reclamação, protesto ou análise.

Só será permitido o voo livre de parapente e asa delta em rampas do Espírito Santo, com a decolagem em rampas naturais (foot launch), sendo vedado qualquer outro tipo de voo, motorizado ou não, não sendo permitido nenhum tipo de decolagem rebocada.

A organização não se responsabiliza por nenhum dano causado aos participantes em si ou em terceiros, no período desta competição.

Vitória, 06 de janeiro de 2016.
_________________________________________
Henrique Frasson de Souza Mário
Presidente FCVL 2013-2017

Fonte:http://www.fcvles.com.br/

0 Comentário “XCapixaba 2016”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *